Arquivo para o mês de agosto, 2010

Erro tarifário: Aneel pode decidir sobre ressarcimento em um mês

Fonte : JORNAL DA ENERGIA

A Agência Nacional de Energia Elétrica ( Aneel) espera decidir em até um mês sobre o ressarcimento ou não dos consumidores pelo erro tarifário que, de acordo com o Tribunal de Contas da União, teria custado R$1 bilhão por ano ao longo de sete anos. A falha na metodologia de cálculo foi revista, mas associações da sociedade civil e representantes do Ministério Público pedem o ressarcimento de valores que teriam sido cobrados a mais.

A possibilidade de devolução de valores aos consumidores havia sido negada em um primeiro momento pela Aneel, que afirmava que, apesar da falha, os contratos haviam sido seguidos, o que tornaria difí cil o ressarcimento. Em seguida, o órgão regulador decidiu colocar a questão sob consulta pública, para receber contribuiçõ es e deliberar sobre o assunto.

“Recebemos contribuições de todo mundo, promovemos diversos debates. Tem promotores altamente especializados no assunto, mas vimos que eles também tinham algumas visões distorcidas do que era o projeto efetivo”, afirmou Nelson Hubner, diretor geral da Aneel. De acordo com ele, a área técnica da agência concluiu um relatório sobre a questão, que será encaminhado à área jurídica e, posteriormente, irá para deliberação junto à diretoria. “Não deve demorar mais do que um mês para decidirmos isso em definitivo”, estimou o diretor.

COOPETATIVA É AUTORIZADA A PRODUZIR ENERGIA

Agência (ANEEL) autoriza cooperativa a atuar como produtora independente de energia
25/08/2010

A cooperativa de Geração de Energia Elétrica Salto Donner foi autorizada pela ANEEL a estabelecer-se como produtora independente de energia elétrica mediante a implantação e exploração da pequena central hidrelétrica (PCH) Salto Donner II. A decisão ocorreu ontem (24) em reunião da diretoria da Agência. A PCH, com potência instalada de 2,89 megawatts (MW), está localizada no município de Doutor Pedrinho em Santa Catarina.

FONTE : ANEEL

ANEEL indefere mais um recurso e mantem multa

Aneel Indefere recurso inter posto pela Companhia Campolarguense de Energia – COCEL, e mantem multa no valor de R$ R$ 328.378,39, abaixo segue na integra o despacho 2.468/2010 de 23/agosto/2010 que disciplina o assunto.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL

DESPACHO Nº 2.468, DE 23 DE AGOSTO DE 2010

O SUPERINTENDENTE DE FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ELETRICIDADE DA AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL, no uso de suas atribuições regimentais e em conformidade com o que estabelece a Resolução Normativa nº 63, de 12 de maio de 2004, tendo em vista o que consta no Processo nº 48500.004440/2009-78, considerando o recurso interposto pela empresa Companhia Campolarguense de Energia – COCEL, resolve: – manter as penalidades de advertência e o valor das penalidades de multa de R$ 328.378,39 (trezentos e vinte e oito mil, trezentos e setenta e oito reais e trinta e nove centavos), decisão constante no Auto de Infração n.° 077/2010-SFE, qual seja, adotando como fundamentos, aqueles constantes na Análise do Pedido de Reconsideração desta Decisão, com fulcro no disposto no art. 34 da Resolução Normativa nº 63/2004. Para efeitos de recolhimento da multa devem ser observadas as disposiçõ es do art. 24, parágrafo ú nico, e art. 25 da Resolução Normativa nº 63/2004.

JOSÉ AUGUSTO DA SILVA

Este texto não substitui o publicado no D.O. de 24.08.2010, seção 1, p. 102, v. 147, n. 162.

Setor de Fiscalização da ANEEL mantem multa de 1.471.607,80 contra CERON

Dia 20 de agosto deste ano a ANEEL emitiu o despacho 2.444, onde mantem multa de R$ 1.471.607,80 contra a CERON – Centrais eletricas de Rondonia. Veja o Despacho na integra.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL

DESPACHO Nº 2.444, DE 20 DE AGOSTO DE 2010

O SUPERINTENDENTE DE FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ELETRICIDADE DA AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL, no uso de suas atribuições regimentais e em conformidade com o que estabelece a Resolução Normativa nº 63, de 12 de maio de 2004, tendo em vista o que consta no Processo nº 48500.002681/2010-16, considerando o recurso interposto pela empresa Centrais Elétricas de Rondônia S/A – CERON, resolve: – manter a decisão constante no Auto de Infração n.° 090/2010-SFE, qual seja, a aplicação das penalidades de advertência e de multa no valor de R$ 1.471.607,80 (um milhão, quatrocentos e setenta e um mil, seiscentos e sete reais e oitenta centavos), adotando como fundamentos, aqueles constantes na Análise do Pedido de Reconsideração desta Decisão, com fulcro no disposto no art. 34 da Resolução Normativa nº 63/2004. Para efeitos de recolhimento da multa devem ser observadas as disposições do art. 24, parágrafo único, e art. 25 da Resolução Normativa nº 63/2004.

JOSÉ AUGUSTO DA SILVA

Este texto não substitui o publicado no D.O. de 23.08.2010, seção 1, p. 74, v. 147, n. 161.

Maior turbina do mundo de geração de energia por ondas entra em operação

FONTE : JORNAL DA ENERGIA.

Equipamento de 1MW de capacidade possui 1.300 toneladas e mede 22,5 metros de altura

A Atlantic Resources, uma das líderes mundiais no desenvolvimento de usinas de geração por ondas, anunciou o lançamento da maior e mais potente turbina para este tipo de fonte já construí da no mundo. A AK1000 (foto), que possui 1MW de potência, está sendo testada no Centro Europeu de Energia Marítima (EMEC, na sigla em inglês), localizado em Orkney, na Escócia. A turbina é capaz de fornecer energia elétrica para cerca de 1000 residências. Ela possui um rotor de 18 metros de diâmetro, pesa 1.300 toneladas e mede 22,5 metros de altura

Vírus transformam roupas em baterias recarregáveis de última geração

FONTE : SITE INOVAÇÃO TECNILOGICA

Baterias na roupa

Cientistas do MIT descobriram como usar um vírus comum para desenvolver materiais a serem utilizados em uma nova geração de baterias recarregáveis de íons de lí tio de alto desempenho.

A principal vantagem dessa biotecnologia é que as baterias serão flexíveis o suficiente para serem incorporadas na roupa, alimentando equipamentos eletrônicos portáteis e “computadores de vestir”.

Segundo Mark Allen, que apresentou o avanço nesta segunda-feira durante a reunião anual da American Chemical Society (ACS), essas “baterias confortáveis” poderão alimentar telefones celulares, tocadores de MP3, GPS e vários outros equipamentos de baixo consumo.

“Nós estamos falando sobre tecidos que também são baterias,” disse Allen. “As baterias, uma vez tecidas nas roupas, poderão fornecer energia para uma vasta gama de dispositivos de alta tecnologia, incluindo rádios portáteis, aparelhos de GPS e assistentes pessoais digitais.”

Baterias de vírus

As baterias produzem eletricidade convertendo energia química em energia elétrica através de dois eletrodos – um anodo e um catodo – separados por um eletrólito.

O que os pesquisadores fizeram foi desenvolver novos catodos feitos de fluoreto de ferro, um material que poderá em breve permitir a fabricação de baterias leves e flexíveis.

Teoricamente, essas baterias terão perda mínima de potência quando sem uso e suportarão um número de ciclos de carga e descarga muito superior às atuais.

Allen está prosseguindo o trabalho da sua orientadora, Angela Belcher, cujo grupo foi o primeiro a projetar um vírus que serve como uma espécie de molde biológico para a criação dos anodos e catodos para baterias de lítio – veja Baterias feitas com vírus estão a um passo de chegar ao mercado.

O vírus, chamado bacteriófago M13, é um vírus filamentoso, composto de 2.700 cópias de uma proteína externa (pVIII), que é muito fácil de ser modificado genética e quimicamente. O M13 infecta bactérias mas é inofensivo para os seres humanos.

Baterias verdes

“Usar o bacteriófago M13 como um molde é um exemplo de química verde, um método de fabricar baterias que respeita o meio ambiente,” disse Allen. “[A técnica] permite o processamento de todos os materiais à temperatura ambiente e na água.”

E esses materiais, segundo ele, seriam menos perigosos do que aqueles usados nas atuais baterias de íons de lítio porque eles produzem menos calor, o que reduz os riscos de que peguem fogo – uma boa notícia, uma vez que a ideia é que as pessoas vistam essas baterias.

Segundo Allen, o grupo está nos estágios iniciais dos testes e da fabricação em maior escala das baterias feitas com vírus, incluindo experimentos para a alimentação de aviões robóticos não-tripulados para operações de vigilância.

Senado proíbe demissão por justa causa por alcoolismo

FONTE: PORTAL DA CLASSE CONTABIL

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS), do Senado, aprovou nessa segunda-feira (4) projeto de lei que proíbe a demissã o por justa causado trabalhador que sofra de alcoolismo. Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê que a “embriaguez habitual” é um motivo para a demissão por justa causa. A matéria segue, agora, para a apreciação da Câmara dos Deputados.

Nesses casos, a CLT ressalva que a demissão por justa causa só se dará quando o portador de alcoolismo, clinicamente diagnosticado, se recuse a fazer tratamento clínico. O relator da matéria, Papaléo Paes (PSDB-AP), ressaltou que o Regime Jurídico da União já garante a essas pessoas a não aplicabilidade da demissão mesmo diante da apresentação de sintom as mais comuns como as faltas rotineiras, sem justificativa, e o comportamento insubordinado.

O parlamentar tucano destacou que o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), autor do projeto, argumentou que o alcoolismo “já deixou de ser visto pela comunidade médica e pela Sociedade em geral como uma falha moral, havendo consenso, nos dias atuais, se tratar de doença severa e altamente incapacitante, a demandar acompanhamento médico e psicológico para a sua cura”.

Empresa de TI oferece solução para distribuidoras

Fonte: JORNAL DA ENERGIA

Duas resoluções normativas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) publicadas em 2009 abriram um mercado para empresas de tecnologia da informação. Os textos, que, entre outros pontos, mudam a forma como as empresas devem fazer e reportar seu controle patrimonial e instituem a obrigatoriedade de estas enviarem anualmente uma base de dados completas de seu cadastro técnico georreferenciado (base do GIS).

A Imagem, que atua no mercado de sistemas de informações geográficas (GIS), criou a solução GIS Regulatório de olho na necessidade das distribuidoras de cumprir as normas da Aneel dentro do prazo, que vai até janeiro de 2011. Segundo o diretor de tecnologia e soluções, Fabio Paiano, a companhia já fechou acordo para fornecer o sistema à AES Eletropaulo “e está em vias de assinar com algumas outras distribuidoras”.

“Acreditamos que esta postura de parceria e apoio para as distribuidoras na resolução de suas necessidades ainda nos trarão muitos novos negócios nessa área”, prevê o executivo.

Chuva de meteoros vai colorir o céu na madrugada desta sexta-feira

FONTE: SITE INOVAÇÃO TECNOLOGIA

Pirotecnia espacial

A passagem da Terra por uma zona repleta de detritos deixados por um cometa oferecerá a observadores um verdadeiro espetáculo no céu, anunciou a Nasa.

No hemisfério norte, o show tem seu auge entre as 22h de quinta e a madrugada do dia 13, quando a frequência de meteoros poderá alcançar dezenas por hora.

No Brasil, tomando-se como referência a cidade do Rio de Janeiro, o melhor horário para se assistir ao show no céu será entre a 0h30 e as 2h30 da madrugada do dia 13, disse à BBC Brasil a astrônoma Olivia Johnson, do Royal Observatory de Greenwich, em Londres, Inglaterra.

Johnson explicou, no entanto, que neste ano o show estará mais bonito no hemisfério norte, onde o clímax do espetáculo acontece no período em que a noite está mais escura.

Chuva de meteoros

A chuva de meteoros Perseidas (assim chamados porque os meteoros vêm da direção da constelação de Perseus) é causada por detritos deixados pelo cometa Swift-Tuttle.

A cada 133 anos, o enorme cometa cruza o Sistema Solar e deixa para trás um rastro d e poeira e detritos.

Quando a Terra passa pela região, os fragmentos se chocam com a atmosfera a 140.000 mph (aproximadamente 225.000 quilômetros por hora) e se desintegram em explosões de luz