Distribuidoras do Grupo Rede têm tarifas bloqueadas por inadimplência no setor elétrico

FONTE : JORNAL DA ENERGIA

Começam a aumentar as dificuldades financeiras do Grupo Rede, que controla nove distribuidoras de energia elétrica no País. Depois de pedir a recuperação judicial da Celpa, que atende o Pará, a empresa viu nesta terça-feira (3/4) a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) bloquear as tarifas de Enersul e Cemat, que atendem, respectivamente, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

A Cemat teve aprovada pela agência reguladora uma elevação média de 2,62% nas contas, enquanto na Enersul haveria um aumento médio de 2,59%. As empresas, porém, não poderão aplicar os índices devido à inadimplência com o pagamento de encargos do setor elétrico. Os novos valores entrariam em vigor já no dia 8 deste mês.

Sem poder reajustar as tarifas, as empresas podem ter a geração de caixa prejudicada e complicar mais a situação do Grupo Rede. Na noite desta segunda-feira (2), a Rede Energia comunicou ao mercado a intenção de reestruturar suas dívidas, o que passa inclusive pela negociação com detentores de bônus perpétuos por ela emitidos.

Deixe um comentário